Vereador Pank denuncia descaso da Administração Pública de Canindé

foto pank
Na sessão da Câmara de Vereadores do dia 02/06, o vereador Joselildo Almeida (PV) – Pank, ao fazer o uso da tribuna, mostrou seu descontentamento na forma descompromissada como o prefeito Heleno Silva está conduzindo o Poder Executivo Local.
“O prefeito de Canindé enquanto ele puder rir do povo de Canindé, ele vai tá rindo. É uma cara que não tem coração, é uma cara ingrato.” Continue lendo, clicando aqui. O vereador ressaltou a importância dos poderes ser independentes, ou seja, para o vereador é preciso que o Legislativo atue como mais afinco na fiscalização das ações do prefeito, e nos processos que envolve o erário público.
Para Pank, é preciso juntar documentos que respaldem uma ação mais efetiva de fiscalização, coisa que já foi solicitada por ele ao órgão competente. Pank, voltou a falar da OS – Organização Social, que foi aprovado pelos vereadores, inclusive pelo próprio, com a justificativa de que os cidadãos canindeenses demitidos anteriormente seriam contratados pela terceirizada. Conforme informações do parlamentar, todo o processo de licitação já foi realizado, mas até o momento a OS não passa de uma promessa ao vento, feita pelo gestor local.
Saúde
Ao adentrar no tema da saúde, Pank, lamentou a precariedade do hospital municipal Hayde de Carvalho. De acordo com ele, várias canindeenses estão sendo levadas para outras cidades, devido o hospital não ofertar as condições necessárias para a realização de parto seguro. Para o vereador, é uma vergonha essa situação, pois nem mais esse direito as gestantes tem em dar a luz no local que escolheu para viver.
O vereador mais uma vez repudiou o cronograma de atendimento disponibilizado para o uso do Raio X. Para ele, não justifica apenas disponibilizar os horários das – 8h00 às 12h00, e das 14h00 às 16h00, pois não se sabe quando o cidadão precisará do equipamento.
O vereador defende, que o setor de Raio X fique a disposição do povo 24 horas. O vereador disse ainda, que enquanto isso, o novo hospital não tem data para ser inaugurado. E, se por ventura vier a ser inaugurado, corre o risco de o Município não ter condições de dar suporte, devido sua desorganização administrativa.
Demissões:
Ao falar do enxugamento da folha, recomendado pelo Ministério Público, o vereador Pank, lamentou a falta de respeito do gestor para com os cidadãos demitidos. De acordo com o parlamentar, essa não foi a primeira vez que isso aconteceu, tornando-se algo corriqueiro e desrespeitador com toda a sociedade canindeense.
Agrovila
Ao falar da Agrovila, Pank lembrou da promessa de campanha que o prefeito prometeu aos moradores daquele bairro. Uma vez, que era pra ser tapados os buracos das ruas daquela localidade, coisa que depois de três anos, ainda não aconteceu. O vereador lembrou também que o prefeito usa as redes sociais e a mídia sergipana para vender uma realidade que não condiz com a realidade dos fatos. Inclusive, sugeriu ao presidente do Legislativo que fosse criado mecanismos nas redes sociais e na mídia para combater as inverdades ditas ao bel prazer pelo gestor.
Pank, finalizou sua fala dizendo que é preciso que o dinheiro público seja melhor investido para o bem coletivo.
Por Valdir Inácio Graduado em Gestão Pública Diário da Cidade e Política
http://dircaninde.blogspot.com.br

Check Also

Defensoria Pública solicita informações à Energisa sobre método de corte de energia por recuperação de consumo

A Defensoria Pública do Estado de Sergipe, por meio do Núcleo do Consumidor, expediu ofício ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.