Saúde do Trabalhador debate sobre o Registro de Câncer em Aracaju

 

FOTO SAUDE  ARACAJU

 

Na manhã desta sexta-feira, 12, cerca de 30 profissionais da Atenção Básica da Saúde de Aracaju estiveram mais uma vez reunidos na sede da Associação Amigos da Oncologia (AMO). Os encontros são promovidos mensalmente pela coordenação da Rede de Atenção a Saúde do Trabalhador (Reast) e hoje contou com a participação do oncologista e coordenador do Registro de Câncer Populacional de Aracaju, Carlos Anselmo Lima.

Segundo a coordenadora da Reast, Karla Magaly Bonfim, estas reuniões acontecem desde 2012, atendendo portarias do Ministério da Saúde, que orientam sobre os cuidados que devem ser tomados com doenças relacionadas ao ambiente de trabalho. “É uma necessidade constante estarmos nos atualizando e discutindo sobre assuntos que dizem respeito à saúde do trabalhador, por isso estamos sempre trazendo palestrantes e promovendo rodas de conversas, para que nós, enquanto trabalhadores da saúde, possamos estar munidos das informações necessárias para atender os pacientes”, afirmou.

A técnica do Protocolo de Câncer do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), Luciana Gusmão, disse que essas reuniões são formas de capacitar os profissionais para facilitar a identificação do agente causador do câncer. “Muitas vezes a manifestação da doença, acontece anos depois do indivíduo se expor a alguma substância que fez desenvolver o câncer. Então aqui, incentivamos também os médicos e enfermeiros da Atenção Básica para perguntar aos pacientes se já trabalhou com alguma substância cancerígena, além de aprofundar nosso conhecimento sobre a doença”, ressaltou.

Na palestra do oncologista Carlos Anselmo, o objetivo foi mostrar como funciona o sistema de informações em câncer. “Hoje pude trazer um apanhado geral de como funciona o banco de dados de registros de câncer do estado de Sergipe. Dados estes que são extremamente importantes para o desenvolvimento de políticas públicas pelos gestores, para redução dos números de casos de câncer”, reforçou.

Ainda segundo ele, o estado de Sergipe tem maior incidência de câncer de próstata nos homens e de mama nas mulheres, seguindo um padrão mundial e nacional com relação ao local onde a doença se manifesta.

 

Check Also

Maio é o mês de prevenção ao câncer de ovário

Por Wênia Bandeira O mês de maio marca o enfrentamento e a prevenção do câncer ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.