ENTREVISTA: Vereador mais votado de Canindé Joselildo Almeida fala da pré-candidatura , cidade e Câmara

 

 

         Na manhã de hoje, sexta-feira, (27/12) o Vereador Joselildo Almeida Pank concedeu entrevista ao Portal Sergipe News, com a finalidade de dialogar com a comunidade sobre vários temas e a respeito do mandato de vereador.

As eleições municipais ainda estão distantes, mas como sempre, a política é motivo de muita especulação. Nos bastidores, nomes conhecidos já se articulam e pleiteiam cargos no Executivo e no Legislativo. Em entrevista exclusiva, o vereador Joselildo Almeida Pank (PRP), confirmou o interesse em ser pré-candidato a Prefeito de Canindé no ano que vem. “Na verdade, nasce de um convite. Pessoas, amigos e pessoas ligadas com partidos me perguntaram: ‘Você tem coragem’ e eu disse que sim”, afirmou em entrevista.

Com a proposta de ser o ‘candidato do povo’, Joselildo Almeida Pank, de 43 anos de idade, foi o candidato mais votado nas eleições municipais de 2016. Com 1.154, Pank chegou ao seu 3 mandato como um dos políticos mais popular de Canindé, mantendo um mandato participativo.

“A partir de hoje meu nome está lançado a pré-candidato a prefeito de Canindé de São Francisco […] Canindé clama por um novo projeto, a favor da sociedade, com mais saúde, habitação de qualidade e segurança pública. A população clama por isso”, declarou o vereador Pank.

 

SERGIPE NEWS –  Pank você   esperava ser o candidato mais votado nas últimas eleições? 

Sim. Para falar a verdade eu esperava receber mais votos. Acredito que fui eleito pelo trabalho social que venho desempenhando ao longo dos anos. Sempre estou disposto a ajudar todos que precisam. Nunca disse não para ninguém. Independente de horário, seja de madrugada ou durante o dia, eu sempre estive à disposição dos mais necessitados. Isso tudo contou na hora da campanha. Apenas colhi os frutos que plantei, esse foi o meu segredo. Também confesso que não tive muito trabalho para pedir votos, muitos me encontraram ou me ligaram dizendo que votariam em mim. A confiança depositada em mim é muito gratificante.

Qual é o seu diferencial em uma campanha? Meu diferencial é fazer uma campanha simples, humilde. Não fiz promessas para ninguém. Não prometi nada para nenhum eleitor, apenas me comprometi em trabalhar pela cidade. Essa sinceridade me ajudou a ser eleito vereador mais votado da história de Canindé com 1.154 votos.

Por que você é considerado um vereador do POVO? Porque eu sempre fui do povo, sempre estive do lado do povo. Meu slogan de campanha desde meu primeiro mandato foi COMPROMISSO COM O POVO. Meu discurso foi esse, de ser e estar sempre dispostos a ajudar as necessidades da população Canindeense.

O que o senhor pretende fazer de diferente de seu mandato como vereador no legislativo e caso chegue ao executivo? Hoje eu tenho mais experiência e conhecimento. Antigamente, por não conhecer o processo, eu ficava pendente em alguns projetos. Meu primeiro mandato me serviu como uma faculdade. Hoje, me sinto muito mais preparado do que em 2009. Eu aprendi muita coisa, aprendi a respeitar a população, a valorizar ainda mais cada cidadão.  O projeto que for bom, a gente não tem que mexer. Aquele que tiver uma dúvida tem que ser mexido. Vou estar mais atento às coisas boas. O prefeito, quando manda um projeto, ele espera ser aprovado da maneira dele. Mas, a Câmara pode aprovar, reprovar ou lapidar o projeto. Cheguei a presidir a Câmara por 2 anos, sentir de perto como é ser gestor público.

 

Suas considerações finais – agradeço primeiramente a Deus pela saúde e força que tem me dado, a você pelo espaço, aos amigos e familiares pelo incentivo. Agradeço a todos que tem me ligado apoiando nosso projeto, confiantes, pela avaliação de nosso nome junto a população de Canindé, por onde chego tenho recebido incentivo e adesões cada dia, em fim e desde já desejando Feliz Ano e que todos tenham sucesso em 2020. Valeu !

 

 

Check Also

“Teremos muito trabalho, mas acreditamos numa Caninde transformada”, diz prefeito eleito

    Gratidão – “Muito obrigado a cada um de vocês que saíram de suas ...