Daniela Fortes lamenta casos de violência em Sergipe

A vereadora Daniela Fortes (PR/SE) falou sobre a violência que assusta todo o Estado de Sergipe durante o seu pronunciamento na sessão desta quinta-feira, 19, na Câmara Municipal de Aracaju. No discurso, ela cobrou atenção das autoridades para os viciados em drogas.

Bastante emocionada com a morte do sargento Silvio, irmão do vereador Manoel Marco, a parlamentar lamentou o ocorrido e mostrou seus sentimentos na tribuna da câmara. “Quero declarar os nossos sentimentos para o vereador Manoel Marcos. Estamos sentidos com tudo que está acontecendo no nosso estado com as famílias de bem, como a do colega vereador”, disse.

Ainda tratando do assunto, ela parabenizou a ação da Polícia Militar do Estado de Sergipe (PM/SE) na elucidação desse caso, mas cobrou eficiência nos outros. “Parabenizo a Polícia Militar que em menos de 24 horas já desvendou o crime. Mas, peço que a polícia continue assim, não só nesse caso, mas em todos os outros. Precisamos de mais rapidez para elucidação desses casos, já que as pessoas estão sendo cada vez mais vítimas dos bandidos e andam com medo de sair das suas casas”, destacou.

Sempre envolvida com o tema e ressaltando a importância do combate às drogas, Daniela afirmou mais uma vez que grande parte dessas pessoas tem envolvimento. “A gente vê que na maioria dos casos são dependentes químicos. Nós precisamos trabalhar com prevenção as drogas no nosso estado. São pessoas que precisam ser tratadas logo”, declarou.

Salientando o dever da família em qualquer situação, a vereadora finalizou seu discurso pedindo mais amor por parte das pessoas. “O criminoso escolheu ser assim, mas a cada dia que passa, a família está mais distante. Nós precisamos estar mais perto dos nossos filhos para orientar e mostrar o caminho correto para andar”, concluiu.

Check Also

Os 100 primeiros dias da gestão de Weldo Mariano em Canindé na visão do Jornalista Claudio Vasconcelos

    ”Tenho ao meu lado um amigo, companheiro e irmão, vice-prefeito Joselildo Almeida Pank, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.