Sérgio da Larissa denuncia imoralidade e perseguição de André Graça na câmara

“Não é ilegal mas é imoral”, disse Sérgio da Larissa

Estância – CVE, o vereador Sérgio da Larissa que é ex-presidente da casa fez um desabafo e disse que está cansado das perseguições sofridas dentro da câmara e acusou diretamente o vereador André Graça, que é o atual presidente da CVE, como autor das perseguições.

Segundo Sérgio da Larissa, não só ele, mas também, seus assessores são perseguidos pelo presidente há mais nove meses. Sérgio disse ainda, que tem uma seletividade nos pagamentos aos servidores e que alguns ganham valores maiores que outros e classificou o ato como ‘imoral’. “Tem assessores que ganham mais de R$ 3.000 e os meus ganham valor seco. Não é ilegal mas é imoral”, disse Sérgio.

Durante o discurso na tribuna, Sérgio da Larissa, foi mais fundo dizendo que não se calaria e exigiu providências sob a ameaça de denunciar ao Ministério Público.

Finalizando o vereador Sérgio disse ainda não saber o porquê das perseguições, já que ambos fazem parte do grupo de sustentação ao prefeito Gilson Andrade e terem marchado juntos na campanha. “Toda essa raiva não sei por quê? Só pode ser porque quis me reeleger presidente da câmara?”

Por Cláudio Hiroshy

entrenoticias.com.br

 

 

 

Assista o vídeo com a denúncia do vereador Sérgio da Larissa:

Tocador de vídeo

00:00
03:28

 

 

 

 

Check Also

ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA DA REGIÃO RIO FUNDO III ENTRE AS MAIS ATUANTES DO ESTADO

              Associação recebera homenagem em novembro na Rádio e TV Aperipe     ...