Laércio discute sobre investimentos em turismo rural para o sertão sergipano

Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Ouça este conteúdo0:00100%Audima

O comportamento do consumidor de turismo vem mudando e, com isso, surgem novas motivações de viagens e expectativas que precisam ser atendidas. Nesse sentido, o turismo rural e ecológico são os que mais crescem no mundo. Para falar sobre investimentos nessa área em Sergipe, o deputado federal Laércio Oliveira se reuniu com a especialista em Políticas Públicas Turismo Rural, Andreia Roque. Ela fez um levantamento sobre todas as potencialidades do interior do estado.

Segundo Andreia, Sergipe faz parte da Rota do Cordeiro que engloba o sertão de alguns estados do Nordeste, mas não aproveita o seu potencial para atrair turistas. A Rota é uma iniciativa do Ministério da Integração Nacional com o objetivo de apoiar a atividade de produção de cordeiros e cabritos no Nordeste e todas as atividades que estão ligadas a esta cadeia produtiva, como a frigorificação, distribuição e comércio; beneficiamento da carne; culinária e gastronomia.

“Ao longo da consolidação do programa, as comunidades participantes formam áreas de excelência na produção de carne ovina e caprina, que poderão ser visitadas a partir de um roteiro em sequência, onde se encontrarão produtos típicos da região, preparados com essas carnes, a carne in natura embalada e conservada adequadamente, festivais gastronômicos e turismo local”, disse Andréia.

Laércio lembrou que o Rio São Francisco é um belíssimo monumento natural que compõe mais um atrativo para o sertão sergipano. Além disso, diversos outros atrativos podem se juntar ao roteiro. “No sertão de Sergipe tem artesanatos, doces, passeios de barco, peixes e muitas outra iguarias que agradam o turistas”, Lembrou Laércio.

Andréia explica que o turismo seria uma forma de estimular a formação de cooperativas e movimentar a economia. “Na Holanda, as cooperativas usam o turismo como vitrine para expor os seus produtos, que a partir daí são comercializados para outros mercados. O agricultor vem deixando de ser somente um produtor de matéria-prima e descobre a possibilidade de desenvolvimento de atividades não-agrícolas, como é o caso do turismo. Sob essa perspectiva, se assiste ao crescimento da atividade turística no meio rural devido especialmente ao caráter transversal, dinâmico e global do turismo”, disse, , acrescentando que existem inclusive financiamentos que o estado pode conseguir para incentivar esse trabalho.

O deputado Laércio afirmou que esta pleiteando uma vaga como membro da Comissão do Turismo da Câmara dos Deputados. Ele pretende se inteirar mais sobre melhorias na área que pode levar para Sergipe. “As políticas públicas de turismo têm como função primordial a redução da pobreza e a inclusão social. Nesse processo, é necessário o esforço para diversificar e interiorizar o turismo, contribuindo para melhorar as condições de vida da população do interior”, disse.

Check Also

Nova loja de material de construção é inaugurada na Colônia Rio Fundo III – Estância

  A Colônia que mais cresce no município de Estancia, Rio Fundo III, os moradores ...